was successfully added to your cart.

Diabetes

Alimentação e Tratamento de Crianças e Adolescentes Com Diabetes do Tipo 1

By 3 de novembro de 2017 No Comments

Uma das doenças mais perigosas e que merece toda a atenção possível é o diabetes do tipo 1. Esse problema se manifesta de maneira silenciosa no organismo e, sendo assim, é preciso ficar bastante atento aos sintomas e as consequências que surgirem, principalmente, quando os pacientes são crianças e adolescentes.

O diabetes do tipo 1 é a variação mais comum da enfermidade entre crianças e adolescentes. Essa também é a forma mais grave da doença, já que se dá quando não há insulina no organismo. A doença é genética e, tão logo seja diagnosticada, se faz necessário um tratamento rigoroso para reduzir os impactos da enfermidade nos pacientes.

Diabetes do tipo 1: Tratamento e qualidade de vida

O acompanhamento médico é essencial nos pacientes que possuem diabetes do tipo 1. No entanto, no caso de crianças e adolescentes os procedimentos adotados pelo profissional da saúde devem ser seguidos à risca, já que nessa fase há grandes alterações no organismo devido ao crescimento e a maturação dos jovens. Assim, esse desenvolvimento tende a modificar as respostas de remédios e demais cuidados envolvidos.

Todavia, nesse processo é imprescindível priorizar o controle dos índices de açúcar no sangue, a fim de evitar consequências e sintomas graves ao paciente. Sendo assim, o tratamento é constituído por remédios que ajudam na reposição da insulina (hormônio produzido pelo pâncreas e que leva o açúcar do sangue para os tecidos) mantendo os níveis adequados em momentos mais delicados como, por exemplo, antes e depois das refeições.

Os pais devem ajudar seus filhos diabéticos a manter uma alimentação saudável e incentivar a pratica de atividades físicas como parte importante do tratamento.

O cardápio deve conter, em doses equilibradas, carboidratos, proteínas, gorduras e fibras. Deve-se evitar, portanto, o consumo de açúcares refinados, pois isso contribui para o aumento dos níveis de glicose no sangue, o que é inaceitável aos pacientes que tenham diabetes do tipo 1.

É fundamental que os adultos também ajudem a montar um cardápio balanceado, pois, durante o dia é necessário dosar a quantidade e o que se come. Desse modo, é necessário aprender a calcular o valor calórico requerido para a criança e/ou adolescente e depois mensurar os percentuais consumidos de cada grupo de nutrientes.

A tabela abaixo mostrará como esse cálculo deverá ser feito:

50% a 60% do valor calórico diário total em carboidratos;

15% do valor calórico diário total em proteínas;

30% do valor calórico diário total em gorduras.

Recomenda-se o uso de uma balança simples de cozinha para pesar a quantidade adequada de comida a cada refeição. A contagem de carboidratos é essencial para um tratamento eficiente. Aqueles que fogem dessa dieta rigorosa podem sofrer graves consequências como a hipoglicemia.

Para evitar qualquer tipo de complicação, a criança e o adolescente com diabetes do tipo 1 deve ser acompanhado de perto por médicos, nutricionistas, preparadores físicos e, principalmente, pelos pais que vão incentivá-los, a todo o momento, a seguir as recomendações em prol da saúde de seus filhos.

Deixe seu comentário
Ana Claudia N. Pereira

Author Dra A.Claudia N. Pereira

More posts by Dra A.Claudia N. Pereira

Leave a Reply

Bem vindo(a) ao Palazzo Diet Light!
Devido ao processo de exportação criamos o palazzodietlight.com, que atende clientes de dentro e fora do país mas que ainda faz parte da Palazzo Diet Light, com a mesma tradição e confiança que você já conhece.