was successfully added to your cart.

Diabetes

Tipos de Insulina e Suas Características

By 3 de novembro de 2017 One Comment

Sabe-se que pacientes com diabetes tipo 1 e, até mesmo, os de tipo 2 precisam de uma dieta rigorosa e a aplicação constante de insulina para controlar a glicose no sangue. No entanto, os pacientes, no início do tratamento, sentem um pouco de receio com tantos cuidados a serem tomados e não tem conhecimentos, ainda, sobre os tipos de insulina existentes.

O presente artigo tem o intuito de explicar quais são os tipos de insulina e quais suas características. Dessa forma, as pessoas que precisam, a partir de agora, aplicá-las no organismo, terão mais conhecimento sobre a sua importância.

Tipos de insulina

No início do tratamento, o uso da insulina parece um pouco complicado, por isso recomenda-se procurar ajuda profissional para auxiliar no que for necessário, já que essa substância é fundamental para o tratamento da diabetes, pois é o medicamento mais eficaz no controle da glicose no sangue.

Atualmente existem diversos tipos de insulina para o tratamento do diabetes. Elas são diferenciadas de acordo com os efeitos que ocasionam no organismo do paciente, como, por exemplo, o tempo que ficam ativas, a demora em fazer efeito no corpo e em qual momento e/ou situação são mais eficientes.

Frente a isso, é essencial que o paciente conheça como funciona essa substância no seu organismo para que, a partir de então, possa planejar melhor suas refeições, lanches e exercícios de modo a ter uma vida normal e com mais qualidade.

A insulina pode ser classificada em:

Bolus – Esse termo refere-se a uma grande quantidade de insulina que é liberada na circulação sanguínea em momentos específicos de maior necessidade. Ela se divide em:

  • Ultrarrápidas – Sua ação inicia-se de 10 a 15 minutos após a aplicação, tendo o seu pico de 1 a 2 horas. Já a sua duração é de 3 a 5 horas. O momento ideal de aplicação é imediatamente antes das refeições.
  • Rápidas – Ação iniciada 30 minutos após a aplicação. O seu pico é de 2 a 3 horas e sua duração é mais prolongada que a anterior, de 6h e 30 minutos. Ela deve ser injetada entre 30 a 45 minutos antes de qualquer refeição.

Basal – Entende-se como basal, a insulina que permanece, o tempo todo, no organismo em níveis baixos no sangue. Ela age como um “conta gotas” de glicose para as células. Ela se divide em:

  • Ação intermediária – Sua ação inicia-se dentro de 1 a 3 horas. Já o seu pico tende a ser de 5 a 8 horas e sua duração é de 18 horas no organismo. O paciente deve injetá-la uma ou duas vezes ao dia, geralmente antes de dormir. Ela não é indicada para as refeições.
  • Longa duração – Ação iniciada em 90 minutos e não tem pico na redução da glicemia. Sua duração no organismo varia de 16 a 24 horas dependendo da marca da insulina. Ela é recomendada para aplicação uma vez ao dia e não é específica para refeições.

Pré-misturadas – Esse é um dos tipos de insulina que, conforme o próprio nome já diz, mistura proporções específicas de insulina de ação rápida e intermediária. Divide-se em:

  • Regular – Início da ação: 10 a 15 minutos. Pico e duração no organismo vai depender da dose. Deve ser aplicação de 30 a 45 minutos antes das refeições.
  • Análoga – O início da ação, bem como o pico e a duração no organismo vai depender da dose. Deve ser injetada de imediato ou 15 minutos antes das refeições.
Deixe seu comentário
Dra A.Claudia N. Pereira

Author Dra A.Claudia N. Pereira

More posts by Dra A.Claudia N. Pereira

Join the discussion One Comment

Leave a Reply

Bem vindo(a) ao Palazzo Diet Light!
Devido ao processo de exportação criamos o palazzodietlight.com, que atende clientes de dentro e fora do país mas que ainda faz parte da Palazzo Diet Light, com a mesma tradição e confiança que você já conhece.